Na manhã de quarta-feira (30/07), o GENARC de Águas Lindas de Goiás, com o apoio de policiais civis do GIH, prendeu PAULO ALBERTO SANTOS DA SILVA, conhecido também como “Pará”.

A prisão de “Pará” é desdobramento de operação policial realizada no bairro Jardim Santa Lúcia, em Águas Lindas no dia 18 de julho. Na ocasião,  Romário Lucas Monteiro, vulgo “Girim”, foi preso em flagrante e indiciado por tráfico e associação para o tráfico de drogas, sendo, também, apreendido aproximadamente 1 kg de “Crack” em um comércio situado nas imediações da casa onde “Girim” foi preso. Com “Girim” foram apreendidas várias pedras de “Crack”, além de “maconha”.

Segundo as investigações, “Pará” seria um dos donos da droga que estava no comércio, e também seria responsável, ao lado de outros indivíduos, pelo comando do tráfico de drogas no bairro Jardim Santa Lúcia. Indiciado por tráfico e associação para o tráfico de drogas, “Pará” teve decretação de prisão preventiva em seu desfavor, após representação da Polícia Civil.

A Polícia Civil agradece o empenho da população em colaborar com o seu trabalho, e aproveita para divulgar sua nova ferramenta no combate ao crime: Trata-se do Whatzap 197. Por ele, podem ser enviadas informações, fotos e vídeos. O número é: (62) 8533-0197. O sigilo é absoluto.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Não adianta, um dia a casa cai mesmo! Foi isso que aconteceu com “Para” suposto chefão do tráfico no Jardim Santa Lúcia, logo depois da prisão de “Girim” suposto comandado do chefão.

Quando a população ajuda, a polícia ganha tempo e logo leva os marginais pra cadeia.

Carlos Leal, sem papas na língua. 

Veículo de grande porte tombou no balão da DF-180, que já foi apelidado de “balão do tombo”. O balão fica no trecho próximo ao Núcleo rural Boa Esperança onde também começa a DF-190 que liga Ceilândia a Santo Antônio do Descoberto, local que já aconteceram diversos acidentes, alguns com vítimas fatais. 


A causa parece ser falha humana, mas não se pode ser descartada falha de engenharia na construção da pista, mesmo porque os veículos que lá tombaram vieram no sentido Samambaia rumo BR-070.



Não fomos informados se ouve alguma vítima.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

É mais fácil culpar sempre os motorista, que inspecionar se há erro na construção da rodovia. Acreditamos que motoristas habilitados para conduzir veículos de grande porte, tem perícia suficiente para não cometerem o mesmo erro no mesmo lugar.  Pra mim, a culpa não é do motorista.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Um casal de bebês gêmeos morreu dez horas após o parto em Pirenópolis, a 121 km de Goiânia. A família afirma que eles não conseguiram vagas em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal para as crianças, que nasceram prematuras aos sete meses de gestação.

Segundo o enfermeiro que acompanhou o parto, as crianças tinham chances de sobreviver se tivessem conseguido a transferência. "Tinham grandes chances, um deles nasceu com 2 kg e o outro com 1,920 kg. Eles nasceram até bem, com situação boa, com os batimentos bons. Mas com o decorrer [do tempo] foi abaixando" afirma o enfermeiro Daniel Gonçalves Ferreira.


Segundo os pais, o drama da gestante começou no sábado (26), quando ela sentiu fortes dores, e a família pediu ajuda do Corpo de Bombeiros para levar a mulher a um hospital em Anápolis, a 63 km de Pirenópolis, mas afirma que não conseguiu o serviço.
"Procuramos o serviço de bombeiros e eles disseram que, dentro do carro em que ela [a gestante estava, ela estava bem mais confortável e que não adiantiaria eles trazerem, sendo que eu disse que ela já estava sangrando, passando muito mal, sentindo muita dor. E ele falou que não adiantiaria eles trazerem porque aqui só atende emergência", afirma o pai dos bebês, Daniel Tomás de Almeida.

Com medo de fazer a viagem até a cidade vizinha de carro, o pai dos bebês optou por levar Cláudia ao Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime, em Pirenópolis. A esperança dele era conseguir uma ambulância, mas a mulher já estava em trabalho de parto e os bebês nasceram.

Por serem prematuras, as crianças precisavam ser transferidas para uma UTI neonatal em outra unidade de saúde. Funcionários do hospital e familiares afirmam que buscaram vagas, mas não encontraram em Anápolis, nem em Goiânia. Dez horas após o parto, os bebês não resistiram e morreram.

"Precisava de aparelho pra respirar, infelizmente Pirenópolis não tem estrutura para receber recém-nascido, principalmente nesse estado que eles nasceram", lamenta a avó dos bebês Neliana Tomás de Almeida.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação não negou atendimento e o pai dos bebês foi quem optou por levar a mulher até o hospital no próprio carro porque o transporte com os bombeiros não poderia ser feito direto para Anápolis ou Goiânia.

A Secretaria Estadual de Saúde disse que as vagas em UTI neonotal só surgiram 15 horas depois do pedido, em Aparecida de Goiânia, mas as crianças já tinham morrido. A secretaria afirma ainda que nesta semana devem ser inaugurados dez novos leitos em UTI neonatal em Goiânia.

Fonte e foto: G1 / TV Anhanguera

Em patrulhamento pela favelinha do Setor-3 de Águas Lindas, os componentes da viatura 6055 cabo Ivan e soldado Gustavo se depararam com dois elementos em atitude suspeita em que os abordaram. Na busca pessoal encontraram em poder deles certa quantidade de drogas, dinheiro miúdo e dois rádios de comunicação. Identificados como sendo, João Vitor 20 anos, com passagem no Art. 180 (receptação), e Diego Nunes Viana 31 anos, que está sendo procurado pela Justiça paulista por condenação no Art. 33 (tráfico de drogas).





 Os elementos foram conduzidos ao CIOPS e entregues para Polícia Civil, e poderão responder pelo crime de tráfico de drogas.

Constantemente temos divulgado prisões realizadas na favelinha do Setor-3, local que está sendo escolhido por marginais para instalar suas bases para tráfico de drogas ou mocós. Por esses motivos  a Polícia Militar tem intensificado suas rondas no local e tendo alcançado êxito  prendo  suspeitos e acusados por vários tipos de crimes.





COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Mesmo usando de “modus operandi” peculiar aos traficantes do PCC-Primeiro Comando da Capital, que equipa seus vigias das “bocas de fumo” com rádios de comunicação, Diego disse não pertencer àquela organização criminosa. Isso é oque ele disse, mas os policiais suspeitam que ele possa sim pertencer algum grupo criminoso de São Paulo.

Carlos Leal, sem papas na língua. 
Já foi filmada uma barata desfilando na sala de emergência do HMBJ-Hospital Municipal Bom Jesus. Agora foi fotografado um gato. Isso mesmo, um felino doméstico, “gato”.


Até acho que pode ser a forma encontrada para evitar que ratos invadam as dependências do HMBJ. Também não posso ser tão chato ao ponto de não entender se for levado um cachorro para espantar o gato, mas se o gato for embora os ratos podem invadir o hospital.

E as baratas? É fácil de combatê-las, basta espalhar escorpiões pelo hospital. É sabido que os escorpiões são predadores naturais das baratas.

Estão vendo como é fácil resolver problemas que parecem ser de difícil resolução.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

A presença de gato e barata em um hospital significa literalmente a ausência da higiene e o risco de contaminação.

Ou será que estou errado?

Carlos Leal, sem papas na língua.


GPT leva mais um da família real do tráfico para a cadeia. Agora foi a vez do príncipe Diego que já é conhecidíssimo da polícia

Quando em patrulhamento pela quadra 62 do bairro Cidade do Entorno, policiais do GPT avistaram Diego, 20 anos, irmão da Rose “rainha do tráfico” que já está presa.


Ao avistar a viatura do GPT, Diego tentou escapar, mas antes de entrar no lote onde pretendia dispensar a arma e as drogas, foi alcançado pelos militares da farda preta.

 Na revista, os policiais encontraram com o traficante um revólver calibre 38 com seis munições intactas, aproximadamente 300 gramas de maconha prensada, quinze porções da erva prontas para serem vendidas, mais ou mesmo trinta gramas cocaína, uma pequena porção de crack e R$ 974,00 em grana viva que pode ser proveniente da venda de drogas.



No momento da prisão, Diego chorou muito e implorou aos policiais que o liberasse, ainda disse estar sendo ameaçado por outros traficantes de ter também a cabeça arrancada como aconteceu com o cunhado dele, “companheiro da Rose”,  que foi decapitado tempos atrás.

Não adiantou, Diego foi conduzido para o CIOPS de Águas Lindas e entregue para Polícia Civil formalizar o flagrante enquadrando o ”príncipe do tráfico” nos Art. 33 do CPB e 16 do Estatuto do Desarmamento.

Esta é a equipe do GPT que atuou na prisão, Sgt. Lino, Cb. Wendel, Cb. Altevir e Sd. Sales.


COMENTÁRIO REPÓRTER:

Sempre que um vai preso, aparece outro membro para assumir o trono e conduzir o tráfico na Cidade do Entorno, mas logo é descoberto e preso pela polícia que não dá trégua para reestruturação do reino do tráfico.

Carlos Leal, sem papas na língua.  
GIH-Grupo de Investigações de Homicídios prendeu o homem que matou o empresário Antônio Galdino Gomes

Carlos Leal



O fato ocorreu no dia 21 de fevereiro desse ano, no bairro Cidade do Entorno quando filho do empresário teria sido ameaçado pelo amigo do assassino e ele teria ido saber o motivo da ameaça. Quando  saiu na rua e começou a discutir com o ameaçador,  um segundo elemento chegou sem nada dizer e deu vários tiros no empresário que caiu morto sem chances de ser socorrido. Segundo informações de populares o assassino e seu comparsa fugiram do local para rumo ignorado. A polícia fez várias buscas pela cidade, e não encontrou os culpados, mas foram identificados e tiveram a prisão preventiva decretada.  Tempos depois foi sabido que um deles de nome Glaydson, havia fugido para cidade de Unaí/MG onde se envolveu em confusão e foi assassinado. Já o outro, identificado como Doriel Soares da Silva de 24 anos, acusado de ter feito os disparos que matou o empresário continuou em Águas Lindas e hoje foi localizado e preso por policiais civis do GIH, e agora terá que prestar contas com a justiça.




Em entrevista à reportagem do Jornal CMN e da TV CMN, Doriel contou friamente como cometeu o assassinato, e ainda falou que nada tinha a ver com a briga entre seu comparsa e filho do empresário.



COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

O GIH tem colocado na cadeia assassinos que continuavam livres aqui na cidade, ou que haviam fugidos pra outros estados pensando que nunca seriam encontrados e presos. Qualquer um pode colaborar para elucidação de homicídios e a prisão dos assassinos, ligando para 3613-2648 e não precisa se identificar.

Carlos Leal, sem papas na língua.   

Jarbas Santana de Oliveira, morador do setor Jardim da Barragem VI em Águas Lindas de Goiás, já foi investigado pelo GENARC em outra oportunidade, sendo que, inclusive, fora cumprido Mandado de Busca e Apreensão Domiciliar em sua residência. Na oportunidade, não foram encontradas drogas. Entretanto, várias denúncias, posteriores ao cumprimento do mandado informavam que JARBAS continuava a exercer o tráfico de drogas naquele setor.


A prisão:

Durante diligência realizada no bairro Jardim Barragem VI, os policiais avistaram JARBAS saindo de sua residência, conduzindo uma bicicleta. Os policiais decidiram segui-lo, a fim de abordá-lo no momento oportuno.

Quando pressentiu que estava sendo acompanhado, JARBAS jogou no chão um saco plástico preto que trazia consigo. Os agentes o abordaram e na busca pessoal, encontraram uma porção de “maconha” no bolso da jaqueta que ele usava. No interior do saco preto que JARBAS jogou no chão foram encontradas 48 porções de crack e 7 porções de cocaína.

Conduzido à sede do GENARC, JARBAS foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Enquanto o Jarbas pensava que a polícia já tinha esquecido o negócio criminoso que ele exercia, os policiais do GENARC preparavam o bote pra não perder a viagem. Agora, como hóspede do presídio, Jarbas será realmente esquecido pela polícia.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Morador perde a cabeça por causa da falta d’água e quebra caminhão pipa que abastecia as residências.

Ninguém aguenta mais tanto descaso por parte das autoridades municipais. Aos gritos moradores do Setor jardim Águas Lindas 2 ditavam palavras de ordem e citavam nomes de políticos como responsáveis pelo descaso, dizendo que eles só aparecem na hora de pedir votos.


Donas de casa, pais de família, jovens e crianças gritando por água, parecia que estávamos no deserto, onde água é produto de luxo. Mas não era, estávamos no setor Jardim Águas Lindas 2, onde a quase vinte dias não sai uma só gota de água nas torneiras das residências. Ao ver que a água não ia dar para encher suas latas um morador de nome Edson se revoltou e quebrou o para-brisas  do caminhão pipa, provocando indignação em uns e sendo apoiado por outros que também queriam partir para quebradeira.


O motorista e seu ajudante abandonaram o caminhão e se refugiaram em uma casa, de onde pediram a ajuda da Polícia Militar.

Várias viaturas foram envidas  ao local para garantir a segurança, manter a ordem pública e evitar que algo pior pudesse ter acontecido.


O Sgt. Carlos atuou como negociador convencendo o cidadão a sair de casa e acompanhá-lo em segurança até ao CIOPS, para que prestasse depoimento sobre a depredação do caminhão.

Outras viaturas deram proteção para que o motorista tirasse o caminhão do local e também fosse para o CIOPS registrar um Boletim de Ocorrência. 


COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

A que ponto chegamos?

Ninguém aguenta mais tanto descaso com a população, e pra eles “políticos”, está tudo bem, e o povo nada mais vale que um simples voto. Voto esse que pode mudar pra melhor ou pra pior a situação de um município, estado ou do país. O que vimos e registramos hoje, vai influir no resultado das eleições de 2016, quando os políticos sedentos por votos, baterem nas portas dessas pessoas que hoje estão sedentas por água.  

Carlos Leal, sem papas na língua.  

Moradores do Setor Jardim Águas Lindas-2 estão revoltados com a falta d’água que já dura mais de quinze dias. A revolta aumentou quando chegou a conta. Isso mesmo, a conta! Que conforme os moradores chegou até mais cara que no tempo que tinha água nas torneiras. Também não pouparam dois vereadores e o prefeito, que foram acusados pelos moradores como omissos e de que só aparecem pra pedir votos.



Nossa reportagem registrou o momento que os moradores pegavam água do caminhão pipa enviado pelo Consórcio CAESB/SANEGO, para amenizar o problema, mas nem isso conteve a indignação dos moradores, que se sentem abandonados pelos políticos da cidade.




Dona Cristina Correa moradora da Q. 15, disse que teve de faltar ao trabalho para ficar em casa esperando o caminhão, pois estava sem água até para fazer comida, e que na casa dela são sete pessoas que estão privadas até mesmo de tomar um bom banho.

Leonice Conceição, falou que o sufoco é muito grande e que a mais de quinze dias, não está podendo nem lavar as panelas direito para economizar água para beber e cozinhar.

Celma Pereira, contou que não tem água pra nada, “nem pra tomar banho, nem pra lavar roupa, nem pra limpar a casa”, e que está comprando água pra beber e cozinhar.

Dona Rita de Cássia, 55 anos, não se conforma com a situação, ainda disse que quando tinha água nas torneiras, o preciso líquido só chegava depois da meia noite, e que a conta não era tão cara, como a que chegou agora.



Francisco das Chagas, morador do setor à muitos, afirmou nunca ter visto a cidade tão abandonada como está agora. Falou também que dois vereadores eleitos com os votos dos eleitores do Setor Águas Lindas-2, se quer apareceram para ajudar a resolver o problema, e que mesmo a denúncia tendo saído em dois canais de TV do DF ninguém da prefeitura se preocupou com o sofrimento dos moradores.

Francisco também não concorda com as explicações do Consórcio CAESB/SANEAGO que tenta justificar a drástica situação dizendo que uma bomba está quebrada, a tubulação estourou em determinado local e que também está sendo trocada em alguns pontos. Para Francisco, desculpa não mata sede.



O Sr. Geovane, concorda com Francisco e disse que, como gestor público o prefeito pode se omitir e tem por obrigação de cobrar do Consórcio CAESB/SANEAGO uma solução urgente para o restabelecimento do abastecimento de água no setor.

Perguntado sobre a qualidade da água distribuída, o motorista do caminhão pipa garantiu que é boa e pode ser consumida com segurança.



COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

Quando mostramos o caos em que se encontra a cidade, logo somos atacados por blogs e sites sem nenhuma expressão popular, pois, são vistos e lidos apenas pela base aliada da situação. Tais blogs e sites, nunca mostram as reclamações do povo para não serem excluídos do grupo de favorecidos do poder. Ao contrário disso, nós da TV CMN e do Jornal CMN não fumamos cachimbo nem fazemos catira. Estamos sempre ao lado do povo e das verdades, “doa, em quem doer”.

Carlos Leal, sem papas na língua. 

Fotos: Carlos Leal e Genildo Macedo/TV CMN

A onda de incêndios que vem acontecendo em Águas Lindas está assustando a população. Depois de queimar carros  em dois CIOPS da cidade e destruir várias barracas na feira em frente ao Mercado Tatico, agora foi a vez da loja Baratão Auto Peças. Nesse mês foram quatro incêndios em menos de quinze dias.


Conforme informações colhidas no local, muitas peças, acessórios e até um veículo que estava nos fundos da loja foram destruídos pelas chamas, causando grande prejuízo para os proprietários do estabelecimento.   

O Corpo Bombeiros de Águas Lindas compareceu prontamente, mas como sempre teve que pedir ajuda ao Corpo de Bombeiros do DF, porque aqui não tem nenhuma viatura própria para combater incêndios de grandes proporções, e pelo jeito tão cede não terá.



Estamos sempre batendo na mesma tecla, mas parece que não adianta, pois o município está à deriva como um navio com e leme quebrado. Cadê a imprensa da base aliada que só sabe fuxicar e atacar os opositores da situação, ao invés de ajudar a cobrar atenção, apoio e respeito pela nossa cidade. Sei que no tocante a política, cada qual tem seu segmento e respeito isso, mas quando o assunto é Águas Lindas, todos deveriam estar ao lado dos interesses da cidade.


COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

É com grande orgulho que vemos a bravura dos “soldados do fogo”  de Águas Lindas de Goiás, mas com tristeza enxergamos a precariedade com que enfrentam o fogo. Chega ser humilhante ver os bombeiros de Águas Lindas ao lado dos bombeiros do DF. Humilhante, não pela bravura e profissionalismo, porque nesse item são iguais, mas quando comparamos o EPI- Equipamento de Proteção Individual, sentimos vergonha. Vergonha e medo, porque mal protegidos se expõem ao fogo arriscando suas vidas no combate às chamas.

Carlos Leal, sem papas na língua.

Roubaram o instrumento de trabalho do moto taxista, mas foram localizados pelo rastreador.

Já não bastasse a falta de passageiros, os moto taxistas voltaram a ser alvo dos bandidos. Na noite dessa terça feira (23/07), por volta das 22:30hs/m, um passageiro solicitou uma corrida. Sem saber que era um “peba”, o moto taxista aceitou o serviço. Quando chegou ao destino, ao invés de receber o dinheiro, o moto taxista recebeu uma coronhada na cabeça e teve sua moto roubada.




A equipe da viatura 6059 com o Sd. Deodato e Sd. Lopes compareceu ao local, ouvindo a vítima que os informou que a moto tinha rastreador. Imediatamente, os policiais solicitaram o rastreamento do veículo que foi localizado na Quadra-69 conj.-C do Setor-9. Em situação de flagrante, pediu apoio do CPU e da viatura 6056, adentrando no imóvel onde recuperaram a moto e prenderam James Pereira Oliveira de 19 anos, e apreenderam um menor, “menor na idade, mas grande na vagabundagem”.

O menor tentou livrar a cara do James dizendo que o outro mala é o Adriano, e que a arma é simulacro  uma “réplica”, também contou que a placa da moto foi jogada na fossa.




Santinhos do “pau oco”:

O maior, disse que todos os dias vai pra igreja, que é ele quem cuida da casa enquanto a mãe trabalha, e também que não tem nada a ver com o roubo. Mas, na ficha criminal “santinho” consta passagens por tráfico de drogas Art. 33 da Lei11.343/06 e porte ilegal de armas Art. 16 do Estatuto do desarmamento.

O menor, contou uma “história da carochinha”, dizendo ser trabalhador e estar com a prestação do celular atrasada  e que pagamento só sai dia 5, por isso aceitou o convite para fazer a “fita”. Mas, na ficha desse outro “santinho”, consta uma passagem por assalto a mão armada Art. 157 do CPB.

COMENTÁRIO DO REPÓRTER:

É sempre assim, protegidos pelo ECA-Estatuto da Criança e do Adolescente, os menores são orientados a assumirem toda “bronca”, pois sabem que são intocáveis, e praticamente “fora do alcance das Leis”. Mas, despercebidamente, o menor “dedurou” um tal de Adriano como terceiro elemento do bando que está de posse da arma.

Carlos leal, sem papas na língua.

Compartilhar

Image and video hosting by TinyPic

Publicidade

Matérias mais lidas